segunda-feira, 8 de março de 2010

Ciclismo moderno: o quanto vale sua bike?


Antes trocar sua bike verifique as razões pelas quais você fará a troca, isso lhe fará observar vários itens aos quais deve prestar atenção Por : Claudio Clarindo http://cclarindo.blogspot.com/

Atualmente estou me deparando com uma nova maneira de se realizar o Ciclismo. Neste tempos modernos, os praticantes de Triatlhlon e Ciclismo estão entendendo que apostar no investimento em uma bike é a maneira mais exata de se melhorar o pedal, mas será que esta é a melhor solução?
Categoricamente posso responder que não! Quem nunca treinou em pelotão e, quando olhou para o lado, observou que uma bike inferior a sua estava ao seu lado e mentalmente pensou: puxa estou com uma máquina, mas como esta bike consegue me acompanhar? Pensamentos deste nível são comuns, mas só comprar uma bike ultra leve e ultra moderna é a solução? Mais uma vez, não!Se parar para pensar em comprar uma bike mais leve, sendo que seu peso é elevado, não seria mais fácil dedicar-se em perder um pouco mais de peso? Desta maneira conseguiria o mesmo ganho.
Claro que a alta estima e o prazer de possuir uma bike de nova geração são incomparáveis. Mas, se você não possuir habilidade o bastante e nem destreza para buscar as qualidades que a bike lhe oferece, pouco adiantará você trocar a sua.Então, antes de trocar por impulso, verifique as razões pelas quais você fará a troca, isso lhe fará observar vários itens aos quais deve prestar atenção antes de colocar a culpa na bike.
Neste ponto gostaria de ajudar a todos, com uma parceria com o site ativo: Pergunte ao Clarindo!Vou responder a todas as dúvidas pertinentes aos atletas, das quais você possui vergonha ou não encontra alguma citação sobre o assunto. As perguntas serão sigilosas e depois colocarei os assuntos pertinentes em pauta. Vamos lá, participe e tire suas dúvidas.

5 comentários:

Xampa disse...

otimo texto do clarindo.
isso rola muito, nego com altas bikes e nada de pernas.
estou começando nisso, mas dá para ver ...
abs.

Joka disse...

kkkk...Acho que o Clarindo se inspirou em mim...rs Pois não dou mole nos pelotões, mesmo em cima de uma caloi strada...kkkkk Abraço Xampa!!!

Dani disse...

Seria a mesma coisa que um cara comprar um tênis de úlima geração e achar que vai sair correndo pelas ruas sem treino ou técnica alguma.
Bjos,
Dani

Joka disse...

Com certeza Dani !!! Bons treinos p/ vc...

Fabão disse...

Acho que ele se inspirou em MIM, quando eu travei vários duelos com o Lance no Tour, e eu com minha caloi 10.
ops, acordei rsrs
Boa semana, irmão. Valeu pelo texto.
ua