sexta-feira, 27 de maio de 2011

Corrida com Cemitério

Marcos Viana "PINGUIM"- ESPN ao Ar Livre CORPORE - Tatuapé
Crédito da imagem: Wanderlei de Oliveira


Parece uma combinação sinistra, mas não é o que pensa o ultramaratonista Marcos Viana, famoso entre os corredores como “Pingüim”. Morador do Tatuapé participou do ESPN ao Ar Livre CORPORE, no Parque do Trabalhador. Inteligente, nos enriqueceu com muitas histórias sobre o universo, o ser humano e lugares pitorescos. O que nos chamou a atenção, é que realiza seus treinos longos, no Cemitério da Vila Formosa, o maior da América Latina.

“Yiannis Kouros a lenda das ultramaratonas, está invicto em todo o mundo na ultramaratonas além de 100 milhas. Ele detém todos os recordes de 100 quilômetros durante provas de 1.000 milhas, e de todas as provas na distância de 200 km até 1.600 km, e de 1 dia a 10 dias. A casa de Yannis Kouros, em Trípoli, na Grécia, fica ao lado de um cemitério. Yannis explica a importância da memória da morte para viver o dia-a-dia: - "todo mundo estava me culpando por construir esta casa aqui. Disseram-me que a visão das sepulturas é demasiado pessimista". Na minha opinião, diante dos túmulos é inspirador, pois ela mantém você 'fundamentado'. Quando você olha para isso todos os dias você percebe que hoje vai ter que fazer algo importante, porque isso (o cemitério) é onde todos nós vamos acabar. “Esse pensamento me mantém focado na minha missão neste mundo”, relatou Pingüim.

Em 2005, corri a Maratona de Roterdã e fiz uma matéria com o canadense Ed Whitlock, com mais de 70 anos, que corria em uma pista de 500 metros no cemitério Milton Evergreen, próximo a sua casa. A TV holandesa, o acompanhou durante toda prova.

Marcos Viana “Pingüim” estudou a história do brasileiro Valmir Nunes, do grego Yiannis Kouros e do canadense Ed Whitlock, corredores de longa distância que bateram os mais incríveis recordes mundiais jamais imaginados, e que para isso tiveram que desafiar os limites da resistência do corpo humano, correndo o risco de ficar entre a vida e a morte, todos eles dependeram de uma relação muito forte com os cemitérios, no caso do Valmir Nunes em quase toda sua carreira foi patrocinado pelo cemitério Memorial, de Santos.

“Não pode ser mera coincidência, mas como dizia William Shakespeare: “há mais mistérios entre o Céu e a Terra do que possa imaginar nossa vã filosofia”, finalizou Pingüim.

por Wanderlei de Oliveira

13 comentários:

Joka disse...

EU TO FORA !!!! KKKKKKKKKKKKKKK

Dani disse...

No cemitério?! Nem pensar, não sou tão corajosa assim....kkkkkk.

Bjos,
Dani
correndoemagrecendo.blogspot.com

Jorge disse...

O Pinguim é um grande camarada, só ele mesmo para treinar no cemitério...rsss...Parabéns Pinguim por mais um reconhecimento, parabéns Joka por compartilhar essa história conosco, mas correr em cemitério eu também to fora, vai que me distraio e piso numa cova e caio lá dentro...kkK...

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Fabi disse...

Aff cemitério só quando chegar minha hora rsrs

Bons Kms
Fabi =)

Ingrid disse...

rsrsrs... tá bom!!!
cada um com suas esquisitices...ehehe

Alessandro S Silva disse...

Hehe, aprendi mais uma opção para os longões!!!

Boas Corridas!!

Alessandro
http://blog42195.blogspot.com/
@alesilvabr

Decio Oliveira disse...

Olha tô fora dessa hein...um abraço e bons treinos...

Marluce Fagotti disse...

Achei tudo muito sinistro, menos a frase Shakesperiana, essa é pra sempre.
Pega eles Joja!!!!!!!!!!!!!!!!

tutta disse...

Eu li o texto que o Pinguim publicou no blog dele tempos atrás e achei bem interessante.
Uma pena que o cemitério daqui de Ubiratã é bem pequeno e com ruas bem estreitas porque senão eu iria treinar lá também.
Vai que eu viro um fera com os atletas citados no texto. hehe

Ah, e a propósito, por onde andas Pinguim?
O cara sumiu do blog dele.

Abraço e bons treinos a você Joka, nos cemitérios, ou fora deles.rsrsrs


tutta/ubiratã-50anos
www.correndocorridas.blogspot.com

FÁBIO WEHMUTH disse...

Tem maluco pra tudo nesse mundo ....KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Fábio
http://42afrente.blogspot.com/

Blog do Ferreira disse...

Oi Joca,

Ainda não tá na minha hora de corrers por essas pistas...tomara que demore!

Abraço.

Ferreira
www.ferreirabikerun.blogspot.com

Avicor disse...

No Cemiterio é f... hein amigo Joka !!!

Valeu bons treinos !!

Romildo

Carlos Lopes disse...

ideia engraçada... corria mais, so saber que as " almas" vinham atras...heheh